0
Home Clínica Profissionais Tratamentos Clientes Publicações Blog Contato
BLOG DENTESPA Home | Publicações | Noticias
Divulgação | 21/03/2016

Nos últimos anos, a medicina evoluiu muito, e nessa linha também a odontologia tem apresentado avanços que até então eram inimagináveis. Até por isto espanta que cerca de 3 mil pessoas morrem por ano, vítimas do câncer de boca, segundo dados recém-divulgados pelo Ministério da Saúde. O positivo dessa constatação é que surgem campanhas preventivas que alcançam a cada dia um número maior de pessoas. E é nisto que vão se empenhar o 23º Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo e a 8ª Feira Internacional de Odontologia, cujo o tema é a "Campanha de Prevenção e Detecção Precoce do Câncer de Boca". Os eventos reunirão especialistas de áreas diversas de todo o País, e do exterior, que vão examinar a população, orientar e estimular o auto-exame. Nos casos em que se fizer necessário serão realizados exames mais apurados, como biópsia, citologia esfoliativa e outros, além do encaminhamento para tratamento cirúrgico.

De acordo com o cirurgião-dentista Celso Augusto Lemos Junior, coordenador da Campanha e especialista em Estomatologia, o número de novos casos vem aumentando ano a ano, fazendo com que, entre os tipos de câncer, o bucal seja a nona causa de mortalidade. "O quadro de diagnóstico é o mesmo dos últimos 40 anos, ou seja, continuamos detectando tardiamente os casos de câncer, inclusive o bucal. Triste, porque este tipo de câncer tem tudo para ser diagnosticado cedo, já que é possível realizar a auto-análise, em frente ao espelho", explica o dentista. Quando as lesões são diagnosticadas precocemente há, praticamente, 100% de chances de cura, com qualidade de vida excelente no pós-operatório. Esta não é a única novidade na odontologia a ser apontada. Estarão em destaque, também, outros serviços que permitem encontrar tratamentos mais apropriados para cada caso. Afinal, só não tem um sorriso completo e sadio hoje quem de fato não se interessa em buscar um tratamento odontológico apropriado.

O combate às cáries tem se revelado um sucesso, e com isto boa parte das crianças está livre delas. A preocupação maior dos dentistas agora tem sido mesmo, com as bactérias que inflamam o tecido gengival e podem avançar e se tornar uma doença mais grave. Para prevenir esse tipo de problema, o periodontista Silvio Pardo, da Pardo Odontologia, já implantou em sua clínica o aparelho de fototerapia, que ajuda a debelar a bactéria e os possíveis focos de infecção. Ele conta que o procedimento é conhecido como fototerapia (photo dinamic therapy ou PDT). “Em uso no Brasil, desde 2000, a técnica é fruto de uma pesquisa importante desenvolvida por russos, japoneses e norte-americanos”, diz. O periodontista explica que a nova técnica alia aplicação de corantes específicos para bactérias do interior de bolsas periodontais e perinplantares. “Esse corante é sensível ao laser. Ao ser iluminado pelo feixe de luz, acontece uma reação física que degrada as bactérias ,eliminando a infecção”, diz. Pardo observa ainda que a aplicação do laser dura aproximadamente um minuto e meio, é feita sem anestesia e ganhou destaque por ser uma maneira de diminuir a infeção na boca sem utilizar técnica invasiva, “Isto é importante, principalmente, em pacientes cardiopatas e diabéticos”, afirma.

 

Estética dentária

Dentre as diversas novidades da odontologia, algumas podem ser vistas também no aspecto externo do sorriso. De acordo com a cirurgiã-dentista Luzia Alexandra Romero, do Spa Odontológico de Rio Preto, são inúmeras as possibilidades, hoje, de se manter um sorriso saudável e esteticamente bonito. “O tratamento ajuda a recuperar a auto-estima”, diz. Ela garante que já viu isto acontecer com pessoas cujos dentes eram tortos, amarelos, manchados ou desgastados. “Para cada caso se apresenta uma possibilidade de tratamento”, diz. Além disso, a dentista lembra que mesmo quem está envelhecendo não precisa abrir mão do tratamento dentário, uma vez que há serviços que podem tratar em casa aqueles que estão impossibilitados de se deslocar até a clínica, no chamado home-care odontológico.

 

Serviço:
- Celso Augusto Lemos Junior, coordenador da Campanha e especialista em Estomatologia, fone (11) 5082-1071
- Sílvio Pardo, periodontista da Pardo Odontologia, fone (17) 3214-9878
- Luzia Alexandra Romero, do Spa Odontológico de Rio Preto, fone (17) 232-7281
- Agenda: De 23 a 27 de janeiro acontece o 23º Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo e a 8ª Feira Internacional de Odontologia, no Pavilhão de Exposições do Anhembi

 

Beleza estética:

Faceta
:: É uma capa protetora que cobre o dente. Serve para esconder imperfeições variadas: desalinho, perdas parciais ou manchas permanentes, que não saem com clareamento

Coroa
:: Também tem a mesma função, ou ainda pode cobrir um implante quando houver ausência da raiz Procera é um tipo de coroa mais recente e pode ser usado em restauração de coroa unitária em qualquer região da boca

Restauração
:: É uma massa usada para preencher aquele pedaço de dente que quebrou ou está cariado ou desgastado demais. Os dentes escurecem por envelhecimento, cigarro, uso de medicamentos, ou consumo de bebidas, entre outros fatores

:: O computador tem sido muito útil na hora de produzir peças especiais. Faz-se o molde do dente a ser recuperado e com ajuda de um escaner tridimensional é possível enviar para a Suíça o molde e lá se produz e envia ao Brasil, em apenas quatro dias

O implante ósseo
:: Integrado e as próteses são as formas mais seguras e eficazes de recuperar o sorriso. Com um desequílibrio na boca pode ocorrer o comprometimento de toda a arcada. E um trabalho bem feito pode recuperar as mesmas funções da dentição normal, como uma boa mastigação e a estética apropriada

Fonte - Luzia Alexandra Romero, cirurgiã-dentista do Spa Odontológico de Rio Preto

 

Cuidados com a assepsia bucal
:: Antes de usar a escova, bata-a na pia para tirar o excesso de água, guarde-aemlocal arejado, na posição vertical, para não haver proliferação de germes, umidade...

:: Use enxaguatórios bucais sem álcool; fio ou fita auxiliam na remoção da placa entre os dentes; a escova deve ter cabo reto e estreito, ter três ou quatro fileiras e ser macia

:: Após a mastigação, o pH da boca demora em torno de 40 minutos para voltar ao normal, alimentos como cenoura, maça e outros ajudam a fazer a limpeza dos dentes; atualmente, já existem raspadores de língua, que ajudam na higienização da boca

:: Aumentar a salivação é importante, pois ajuda a combater cáries

:: Uma pessoa normal produz de um litro a um litro e meio por dia de saliva, cuja função é lavar os dentes, evitar o mau hálito e combater a formação de cáries, aftas e tártaro. Para aumentar a produção de saliva, mascar chiclete sem açúcar pode ser uma saída saudável

:: Halitose é mau-hálito provocado pela proliferação de micróbios na língua, que formam a crosta, conhecida como saburra. Eles podem invadir o estômago e o aparelho digestivo, ocasionando gastrites e sinusites, ou sangramento gengival. Isto abre as portas para os germes invadirem o sangue, lançando toxinas relacionadas a infecções nas articulações e nos rins

:: Pessoas com diabetes sofrem de deficiência na irrigação sangüínea e isto favorece o aparecimento de bactérias, aumentando o ataque em outras áreas do corpo

:: Os desdentados correm risco de desnutrição e problemas digestivos. Para evitar isto o ideal é corrigir as ausências com próteses e dentaduras

Fonte - Luzia Alexandra Romero, do Spa Odontológico, de Rio Preto

COMPARTILHE:
Faça uma consulta com a gente hoje! MARQUE SUA CONSULTA
FALE CONOSCO Ligue-nos, mande um e-mail ou sinta-se à vontade para nos fazer uma visita em nosso Spa!
ENVIE-NOS UMA MENSAGEM
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.